Search
Close this search box.
como cultivar horta em casa

Como cultivar uma horta caseira

Você já pensou em ter uma horta dentro de casa? Essa prática começou a ganhar muitos adeptos no período de isolamento social na pandemia e segue forte até os dias atuais.

Segundo a arquiteta e paisagista Priscila Tressino, se tornou tão popular, que já está influenciando os projetos arquitetônicos.

“Os profissionais estão considerando espaços para cultivo de plantas e hortas em seus projetos, de formas cada vez mais criativas, tanto em ambientes internos quanto externos”, afirmou.

A atividade é considerada relaxante, mas traz também outros benefícios, tanto financeiramente, quanto para a saúde.

As vantagens de ter uma horta em casa

Um dos principais problemas ao comprar hortifrútis no mercado está relacionado ao uso excessivo de agrotóxicos. Com uma horta em casa, cultivada de forma orgânica, as frutas e verduras estarão mais acessíveis e com menos substância químicas.

Cuidar das plantas faz bem para a mente e já existem evidências cientificas desse benefício. Segundo os estudos publicados, o contato com a terra alivia o estresse e a ansiedade.

Mas não é só a saúde física e mental que é impactada positivamente pelas hortas. O seu bolso também tem muito a ganhar. Comprar alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos, pode custar caro em algumas regiões do Brasil. Com a sua própria plantação, você economiza na compra desses itens no mercado.

Por fim, a horta agrega na decoração da casa, trazendo harmonia para o ambiente e sensação de frescor.

“O paisagismo é parte integrante da decoração. Portanto, a escolha dos vasos deve estar sintonizada com o mood do seu projeto. Iluminação decorativa destaca a horta durante a noite, adicionando um efeito visual interessante”, comentou a arquiteta.

flor de Anthurium

Por onde começar?

Segundo Priscila, o primeiro fator a ser levado em consideração é o local onde ficará a horta.

“Escolha uma posição com boa exposição solar e acesso à água. Em apartamentos, procure lugares próximos das janelas ou varandas, com ralo ou escoamento de água das floreiras, que pode ser um vaso com furo para drenagem e pratinho coletor”, explicou.

Outra dica é preparar bem o solo do seu jardim, vaso ou canteiro, que seja rico em nutrientes e com boa drenagem. Não se esqueça de fazer manutenções como rega, poda e adubação.

No caso de apartamentos, muitas vezes o espaço físico e o acesso à luz acabam limitando a criação de uma horta. Uma solução é utilizar as paredes com estruturas verticais.

“Faça a escolha correta dos vasos, floreiras e cachepôs, na medida certa e com formato mais agradável, sem prejudicar a circulação e uso do ambiente para suas atividades principais. Escolha plantas que não se desenvolvam demais para além da área delimitada para o cultivo. Existem diversas espécies compactas”, afirmou a arquiteta.

Considere também:

– Utilizar luzes artificiais como lâmpadas de LED;

– Adotar cores claras nas paredes e materiais reflexíveis;

– Rotacionar as plantas regularmente para igualar a exposição solar;

– Plantar espécies que não necessitam de muita luz solar.

flores

O que plantar na horta?

Você pode plantar o que quiser na sua horta caseira. Porém, o calendário agrícola indica quais são as melhores opções para cada mês, já que alguns alimentos são sazonais.

Como o clima é um fator importante, confira algumas dicas do que plantar em cada mês do ano:

Janeiro: alface, batata-doce, rúcula, espinafre, couve;

Fevereiro: agrião, beterraba, feijão, salsa, ervilha, alface, manjericão;

Março: alho, couve-flor, brócolis, cenoura, repolho;

Abril: repolho, beterraba, couve-flor, rúcula, espinafre, cenoura;

Maio: repolho, beterraba, nabo, cenoura, brócolis, rabanete;

Junho: agrião, chicória, mostarda, ervilha, salsa, brócolis, cenoura;

Julho: almeirão, alho, alface, rúcula, rabanete, repolho;

Agosto: couve, alho-branco, pepino, pimentão, tomate, jiló, pimenta, tomate;

Setembro: abobrinha, coentro, pepino, cebola, beterraba, feijão-de-vagem;

Outubro: batata-doce, maxixe, mandioquinha, acelga, tomilho;

Novembro: alface, abóbora, cenoura, coentro, rabanete, repolho;

Dezembro: abóbora, feijão, pimentão, agrião, couve, brócolis;

Menin

Se você procura conforto e qualidade em um imóvel, venha conhecer os empreendimentos da Menin.

Com um corpo técnico capacitado, a Menin atua no setor de construção civil desde 1986 e já entregou mais de 60 mil unidades. A Menin possui empreendimentos nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná.

Emprendimentos

Assine nossa Newsletter

Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios.

Leia também