Search
Close this search box.
Varanda Gourmet do apartamento - Perspectiva Ilustrada.

Área gourmet: personalize este espaço e valorize seu imóvel

A área gourmet de uma residência é um espaço ideal para quem gosta de fazer pequenas reuniões com os amigos ou a família. 

Por isso, é importante transformar esse espaço em um ambiente aconchegante para que os momentos de lazer se tornem ainda mais especiais.

Neste texto, você verá dicas de decoração para deixar esse espaço personalizado, sem perder a praticidade.

Área gourmet valoriza seu imóvel

A área gourmet, ou espaço gourmet, é um ambiente do lar utilizado para pequenas reuniões. Normalmente, conta com uma pia, churrasqueira, cooktop e área de bancada. Algumas podem ter ainda forno elétrico, forno a lenha, micro-ondas e alguns utensílios, tornando-se uma “segunda cozinha” da residência. 

É um lugar visualmente bonito e onde geralmente se recebe visitas e faz-se confraternizações. 

Uma das principais vantagens dessa área, é que ela valoriza o imóvel, aumentando o valor de venda ou de aluguel da propriedade, pois oferece conforto e praticidade no dia a dia.

Por isso, de acordo com o arquiteto Bruno Moraes, não só a definição dos materiais é de extrema importância, mas também a de um conjunto de recursos que, combinados favorecem a conservação e a durabilidade dos elementos deste ambiente. 

Soluções para o piso

A área gourmet é um ambiente em que a limpeza pode envolver a lavagem do piso. O uso de panos úmidos também é frequente. Por isso, o uso de madeira não é recomendado.

“Nós, brasileiros, temos esse costume e nos sentimos mais confortáveis quando jogamos água e produtos de limpeza para esfregar o chão”, diz Bruno. 

Dessa forma, é impensável considerar a realização de uma marcenaria aplicada diretamente no chão: tanto para preservar os móveis como para deixar o visual mais agradável.

A sugestão de Bruno é fazer uma base de alvenaria, revestida com o material escolhido para o piso ou da bancada: “Isso permite a perspectiva de continuidade que combina a base com o projeto em geral”, destaca. 

A arquiteta Danielle Dantas explica que os pisos nessas áreas precisam ser considerados, pois ninguém deseja ter um chão marcado. Assim, a melhor opção é o porcelanato, que além de oportunizar diversos estilos, promove facilidade para limpeza. “Sem contar que, em ambientes externos ainda podemos optar por versões antiderrapantes”, destaca.

Os chamados pisos de pedra, de acordo com Danielle, também são excelentes ideias para a área gourmet. Entre as opções, o granito figura-se como uma boa escolha em função da sua resistência.

Marcenaria na área gourmet

No caso de armários de madeira, Bruno explica: “é indicado uma base com altura média de 10 a 15 cm, que esteja afastada, em torno de 15 cm da projeção da pedra da bancada para promover a acomodação dos pés de quem está posicionado em frente à pia. Essa é uma boa opção para que, na hora da limpeza, a umidade do piso não tenha contato direto com o móvel”.

Móveis confortáveis

Os móveis precisam ser planejados de acordo com o local e cumprir a sua função decorativa e de conforto. 

A arquiteta Paula Passos explica que se houver bastante espaço, pode-se pensar em uma bancada e adicionar itens como uma churrasqueira e um forno de pizza. Uma adega ou uma cervejeira localizadas longe do calor, também poden ser uma boa pedida.

 “Uma mesa com cadeiras ou bancos encostados em uma ilha fica bastante funcional. Também é possível ter essa mesma ilha com mesa e banquinhos no mesmo ambiente, para que o cozinheiro não fique isolado”, explica Paula.

Iluminação ideal

Quando se trata de iluminação, ponto tão importante quanto os equipamentos, Paula diz que ela deve ser bem dimensionada e de forma ampla e charmosa para se destacar nos eventos noturnos. “Em linhas gerais, pode ser composta por luzes suaves e indiretas para trazer um toque mais acolhedor”, orienta.

Danyela Corrêa, arquiteta, explica que existem três tipos de iluminação: funcional, estética e luzes dimerizáveis. Entenda cada uma:

Funcional: luzes embutidas em armários suspensos e áreas de trabalho para facilitar o preparo dos alimentos.

Estética: pendentes sobre a mesa de jantar e spots direcionáveis para criar um ambiente acolhedor e sofisticado.

Luzes Dimerizáveis: permitem ajustar a intensidade da iluminação conforme a ocasião.

Escolha dos móveis ideais

A arquiteta Danyela Corrêa traz algumas dicas. Veja!

  1. Medidas precisas: tire medidas exatas do espaço disponível antes de escolher os móveis. Estes ambientes pedem circulações generosas, pois, normalmente, serão utilizados por várias pessoas simultaneamente;
  2. Funcionalidade: opte por móveis multifuncionais, como mesas extensíveis e bancos que podem ser guardados sob as mesas, assim o ambiente pode se adaptar dependendo do número de pessoas que irão utilizá-lo;
  3. Resistência: escolha móveis feitos de materiais duráveis e resistentes a intempéries, caso a área gourmet seja externa;
  4. Estilo e conforto: combine o estilo dos móveis com o design do ambiente e garanta que sejam confortáveis para longos períodos de uso.

Bancadas e mesas

Danyela orienta ainda quais materiais devem ser utilizados em bancadas e mesas.

Granitos e quartzitos: durável e resistente ao calor e manchas, pouca absorção, recomenda-se impermeabilizar anualmente.

Lâminas sintetizadas: com base mineral e sem resina na composição como o Dekton e Neolith, são resistentes ao calor, riscos e manchas, não necessitam manutenção regular, mas possuem maior valor agregado.

Concreto: moderno e personalizável, mas exige cuidados com impermeabilização anual.

Madeira tratada: oferece um toque natural e aconchegante, porém precisa de manutenção regular, a cada 6 meses.

Porcelanato: são resistentes a calor, riscos e manchas, não necessitam de manutenção regular, mas, em caso de pancadas, podem lascar e não aceitam reparos.

Paleta de cores recomendada

Aqui vale o gosto pessoal dos clientes, desde que a composição como um todo converse. 

“Eu gosto de usar tons mais escuros, como cinza e preto nesta área, principalmente quando a churrasqueira é a carvão. Isso para facilitar a manutenção e a fumaça não encardir os materiais ali por perto. Tons neutros combinados com madeira criam um ambiente atemporal e elegante”, explica Danyela.

Elementos decorativos

Podem ser utilizados plantas, tapetes e quadros, por exemplo, para deixar o ambiente mais aconchegante. 

Use vasos que se adaptam bem ao ambiente. Vasos com ervas aromáticas ou plantas decorativas que também podem ser utilizados na cozinha, explica Danyela Corrêa.

Ela ainda diz que tapetes feitos de fibras sintéticas são fáceis de limpar e adicionam conforto e estilo ao ambiente.

Já os quadros e fotografias personalizam o espaço e criam uma atmosfera mais acolhedora. Estantes abertas com louças e utensílios bonitos que decoram e são práticos podem ser utilizados, mas exigem uma boa organização.

Escolha a Menin na hora de investir

A Menin tem vários empreendimentos que contam com área gourmet, com tamanhos variados.

Você pode escolher o que melhor se encaixa no que precisa. Seja para investir ou para morar, a Menin tem as melhores soluções de imóveis com espaço gourmet.

A empresa adota uma postura rigorosa em suas obras, sendo essa uma das razões que a coloca entre as mais confiáveis do mercado.

Entre em contato para escolher o seu novo lar. Fale com a Menin! 

Emprendimentos

Assine nossa Newsletter

Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo o envio de notificações por e-mail ou outros meios.

Leia também